Gestantes podem realizar exames radiológicos?

35542498_416849472149835_5774501250783510528_n(1)Assim como qualquer outro paciente, a gestante pode sofrer alterações bucais e precisar de tratamento durante a gestação que inclua exames radiológicos. Nestes casos, é fundamental esclarecermos algumas dúvidas para que o atendimento vise sempre a saúde, bem-estar e proteção da paciente e do seu bebê.

A dose de radiação utilizada nestes exames é relativamente baixa e os seus efeitos são mínimos. Os recentes avanços tecnológicos proporcionaram o desenvolvimento de radiografias digitais, permitindo uma exposição ainda menor dos pacientes à radiação. Por esta razão, além de inúmeras outras, a d’Marque Radiologia adotou esta tecnologia em todos seus equipamentos. Ainda assim, de forma a garantir total seguraça a nossos pacientes, adotamos o uso dos demais itens de segurança como, por exemplo, os aventais e protetores de chumbo.

A conduta dos odontólogos costuma ser a de adotar sempre o grau máximo de cautela. Dessa forma, embora os riscos ligados a radiografias diagnósticas sejam baixos, os especialistas recomendam que gestantes sejam submetidas a esse tipo de exame apenas em casos de extrema necessidade ou urgência.

Se o seu dentista considerar que o exame é de fato necessário, procure se tranquilizar, lembrando que a quantidade de radiação que o bebê receberá está dentro do limite seguro e que a d’Marque Radiologia fará um exame tranquilo, seguindo todos os protocolos e recomendações nacionais e internacionais.

No dia do exame, não esqueça de levar o receituário do seu dentista juntamente com a autorização do obstetra para a realização do exame. Estes dois documentos são imprescindíveis.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

  1. Maria de Fátima Batista de MeloI,II; Saulo Leonardo Sousa Melo. Condições de radioproteção dos consultórios odontológicos: Ciênc. saúde coletiva vol.13 suppl.2 Rio de Janeiro Dec. 2008.
  2. Gonçalo Pereira Rodriguez da Cruz. Radiação na Gravidez: Abordagem da mulher grávida exposta à radiação ionizante. Porto, Junho de 2013.
  3. BRASIL, Saúde da Mulher – Ministério da Saúde; Assistência pré-natal: Manual técnico/equipe de elaboração: Janine Schirmer et al. 3.ed. Brasília: Secretaria de Políticas de Saúde – SPS/Ministério da Saúde, 2000: 66.
  4. Freitas A, Rosa JE. Radiologia odontológica. 5.ed. São Paulo: Artes Médicas, 2000.
  5. Nassif CS, Gontijo LT, Oliveira JX. Anomalias de desenvolvimento e retardo mental provocados pela exposição às radiações ionizantes: atenção à gestante e criança. JBP rev. Ibero-am. Odontopediatria Odontol. bebê, 2004; 7(37): 204-312.